VisitCuba - Portal de Turismo de Cuba

go to content

Carnes

Num tacho com água e sal coze-se o borrego, de preferência novo, que será partido aos bocados. Quando a carne começa a ferver aparece uma espuma que deverá ser retirada do tacho. Esta operação é importante para a confeção do prato pelo que será necessário retirar toda a espuma da carne.

De seguida misturam-se os temperos que são o azeite, rodelas de alhos, algumas folhas de louro e pouco de colorau. Reduz-se o lume deixa-se cozer até ficar apurado.

Serve-se com salada de alface cortada em juliana.

Produtos:

  • Entrecosto
  • costeletas do porco
  • toucinho salgado
  • pão caseiro (duro)
  • 3 dentes de alho
  • 3 colheres de pimentão

Confeção:

Corta-se o entrecosto e a carne em pedaços regulares e barram-se com o pimentão e os alhos pisados, deixa-se ficar assim de um dia para o outro.

Corta-se o toucinho aos bocadinhos, e numa tijela de fogo (de barro) levam-se as carnes a fritar e o toucinho juntando uma pinguinho de água.

Retiram-se as carnes à medida que forem alourando. A gordura (o pingo) resultante da fritura das carnes é passada por um passador

Corta-se o pão em fatias finas e deitam-se na tijela, rega-se com um pouco de água a ferver e bate-se imediatamente com um pau, esmagando-o, a seguir tempera-se com o pingo necessário batendo as migas.

Sacode-se a tijela, sobre o lume, enrolando as migas numa omeleta grossa. Quando as migas estiverem encoradas numa crosta dourada e fina colocam-se na travessa e um pingo e junta-se as carnes.

Ingredientes:

  • 1/2l de feijão branco
  • 1 Chispe de porco (aproximadamente 750 g)
  • 150 g de linguiça
  • 150 g de chouriço de vinagre
  • 1 cebola grande
  • 2 cenouras
  • 3 batatas
  • 1 molho de carrasquinhas
  • Azeite
  • Sal q.b.

Coze-se o feijão. À parte coze-se a carne com a cebola, um pouco de azeite, um molho de ervas, atado com uma linha, composto por hortelã e salsa. Duas cenouras e três batatas pequenas cortadas aos cubos. Depois de tudo cozido junta-se o feijão e as carrasquinhas e deixa-se ferver mais um pouco. Tempera-se com sal. O caldo, depois de engrossar, verte-se para o prato, por cima das sopas de pão. É geralmente servido numa panela de barro.

Nota: As carrasquinhas antes de utlizadas raspam-se para tirar o “bico da ponta”, cortam-se aos bocadinhos (aproximadamente 3cm) e lavam-se muito bem. O período favorável para a colheita das carrasquinhas é na primavera(março- abril)

In “Aromas e Sabores de Cuba”